País

Madeira recebeu o ano novo como é tradição, mas sem o entusiasmo, o ruído e a alegria

Cumpriu-se o habitual fogo de artifício, mas com festejos tímidos.

A Madeira recebeu o ano novo como é da tradição, mas sem o entusiasmo, o ruído e a alegria que fazem da passagem de ano o maior cartaz turístico do arquipélago. E, mesmo sem recolher obrigatório, as ruas da baixa ficaram vazias depressa