País

Os três D's que agravam a pobreza: desemprego, doença e divórcio

Entrevista a Gonçalo Matias, Diretor de Estudos da Fundação Francisco Manuel dos Santos.

O desemprego, a doença e o divórcio são fatores que contribuem para a entrada numa situação de pobreza ou que impedem que se saia dessa condição, segundo o estudo "Pobreza em Portugal - Trajetos e Quotidianos".

O documento hoje divulgado, promovido pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, chama a esses três processos de produção, reprodução ou intensificação dessa situação "os três D da pobreza".

Gonçalo Matias, Diretor de Estudos da Fundação Francisco Manuel dos Santos, explica que o estudo serviu para fazer um "diagnóstico" da pobreza em Portugal e destaca a grande surpresa neste trabalho: um conjunto significativo de pessoas que trabalham estão em situação de pobreza.

  • 24:07