País

Uber deixa de operar na Madeira depois de o Governo regional limitar número de carros com licença TVDE

Decorreu esta terça-feira uma marcha silenciosa contra a saída da Uber.

A Uber chegou no fim de 2019 à Madeira e resistiu aos impactos da pandemia no turismo. A procura começava agora a crescer, mas o Governo regional impôs um limite ao número de carros com licença TVDE e a Uber anunciou que deixaria de operar na ilha.

Esta terça-feira decorreu uma marcha silenciosa contra a saída da Uber.

O Governo regional adaptou a lei, limitou o número de carros licenciados e a maioria dos motoristas que esta terça-feira participou na marcha silenciosa não cabe no contingente imposto, mas não são os únicos lesados.

As novas regras, que entram em vigor no início de Maio, limitam também a atividade das empresas, que apenas podem ter três carros com licença TVDE. A saída da Uber, a mais conhecida das destas plataformas digitais, irá representar uma quebra de mais de 70% do mercado.