País

Bombeiros Sapadores em protesto acusam Governo de não responder a reivindicações

Sindicato espera uma reunião há um ano.

Os Bombeiros Sapadores manifestaram-se este sábado em frente ao Ministério da Administração Interna, em Lisboa. Acusam o Governo de não responder ás reivindicações.

Vieram de vários pontos do país para exigir a valorização da carreira e mais regulamentação que previna abusos por parte das autarquias.

As principais queixas são a falta de horários de trabalho e também a idade da reforma atualmente em vigor - fixada nos 60 anos -, que os bombeiros profissionais consideram impraticável tendo em conta o desgaste da profissão.

O Sindicato Nacional dos Bombeiros Sapadores afirma estar a ser ignorado pelo Governo. Espera uma reunião há um ano.

Há já corpos de bombeiros, como o de Santarém, em greve por melhores condições de trabalho.