País

Sapadores florestais ameaçam com greve no verão 

Frederico Pinto

Frederico Pinto

Repórter de Imagem

Baixos salários e falta de estatuto profissional alimentam descontentamento. 

O Sindicato Nacional de Proteção Civil ameaça fazer greve durante o período crítico dos incêndios florestais e tirar perto de 2 mil sapadores florestais da primeira linha de combate.

Em causa está o atraso na criação de uma carreira e os baixos salários.