País

Técnicos especializados da educação de todo o país em greve

Miguel Carlos Cabral

Miguel Carlos Cabral

Repórter de Imagem

Miguel Castro

Miguel Castro

Editor de Imagem

Exigem o fim dos vínculos precários e o direito à mobilidade geográfica.

Cerca de quatro dezenas de técnicos especializados da educação estiveram esta terça-feira de manhã em frente à Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, no Porto.

Os profissionais - como psicólogos, terapeutas e assistentes sociais - concentraram-se no norte do país, onde há mais casos de pedidos de mobilidade geográfica, que têm vindo a ser negados pelo Governo.

Exigem trabalhar em escolas que se situem mais perto do local onde moram e querem que os vínculos precários terminem.

Os técnicos especializados da educação ameaçam abandonar o Ministério da Educação se a situação se mantive e garantem que, desta forma, a qualidade das escolas públicas está em risco.