País

Luís Filipe Vieira alvo de buscas

Em atualização

TIAGO PETINGA

As buscas podem ter sido aceleradas pelas recentes declarações do presidente do Benfica na comissão parlamentar de inquérito ao Novo Banco.

O presidente do Benfica está a ser alvo de buscas, lideradas pelo juiz Carlos Alexandre. Ao que a SIC apurou, a investigação a Luís Filipe Vieira centra -se nos negócios imobiliários do dirigente do clube da Luz, alguns deles que terão lesado o Novo Banco.

Em causa estão suspeitas de crimes como burla qualificada ao Fundo de Resolução bancária, fraude fiscal e branqueamento de capitais.

O jornalista Diogo Torres fez um ponto de situação das buscas, ao início da tarde, junto à de casa do presidente do Benfica, no concelho de Oeiras.

Estas buscas podem ter sido aceleradas pelas declarações recentes de Luis Filipe Vieira na comissão parlamentar de inquérito ao Novo Banco. Luís Filipe Vieira disse que nunca teve dívidas perdoadas e negou ser um dos maiores devedores. O tom e as declarações chegaram mesmo a indignar os deputados.

Mais de cem inspetores da Autoridade Tributárias estão nas instalações do Benfica, na sede do Novo Banco e na residência de Luís Filipe Vieira.

Nuno Gaioso Ribeiro também está a ser alvo de buscas

Nuno Gaioso Ribeiro, ex-vice-presidente do Benfica, também está a ser alvo de buscas, esta quarta-feira.

As buscas estão a decorrer na sede da empresa C2 Capital, a sociedade que ficou com o património da Promovalor, o grupo imobiliário de Luís Filipe Vieira e que é um dos grandes devedores do Novo Banco.

Fonte ligada ao processo assegura que Gaioso Ribeiro não foi, por agora, constituído arguido, mas que estará a ser recolhida documentação desta sociedade.