País

Sindicatos da PSP e GNR exigem pagamento de subsídio de risco justo

Marcado protesto conjunto em Lisboa na quinta-feira. 

Os sindicatos da PSP e associações da GNR têm marcado um protesto conjunto para a próxima quinta-feira, dia 15 de julho.

O objetivo é mostrar o desagrado perante a decisão do Governo de não atribuir o subsídio de risco exigido de cerca de 430 euros, uma compensação à qual dizem ter direito.

Consideram que o suplemento a atribuir deve abranger exclusivamente o risco e não pode ser acumulado com outro tipo de compensação remuneratória.

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia e a Associação dos Profissionais da Guarda dizem que vão apresentar ao Governo uma contraproposta que prevê o pagamento faseado do subsídio de risco até 2024.