País

Incêndio em Elvas combatido por mais de 150 operacionais e cinco meios aéreos

Fogo em zona de mato e eucaliptos.

O combate ao incêndio que lavra, desde a tarde desta quarta-feira, na zona de Vila Boim, no concelho de Elvas (Portalegre), já mobilizava 157 operacionais e cinco meios aéreos, às 18:15, disse fonte da Proteção Civil.

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre indicou que o fogo, que atinge uma área de mato e de eucaliptos, deflagrou às 14:45.

Três bombeiros tiveram de receber assistência médica devido à exaustão e à inalação de fumos.

Às 15:45, mais de 100 operacionais e três meios aéreos participavam no combate às chamas, mas esses meios foram entretanto reforçados.

Segundo o CDOS, às 18:15, as operações já mobilizavam 157 operacionais e sete meios aéreos.

O incêndio tem uma frente ativa e, à mesma hora, estava a "ceder aos meios", acrescentou a fonte.

"O fogo esteve muito perto da localidade de Vila Boim, mas não houve habitações em perigo", adiantou a fonte do CDOS.

Os 157 operacionais envolvidos no combate às chamas, sobretudo bombeiros de corporações dos distritos de Portalegre e de Évora, estão também a ser apoiados por 45 veículos, além dos meios aéreos.