País

Caça ao javali ameaça conservação do lobo ibérico

Treze grupos ambientalistas pedem a suspensão imeditada da caça ao javali por estar a ameaçar a conservação do lobo ibérico, uma espécie protegida e em perigo em Portugal.

De maio a setembro, o lobo ibérico está em período de reprodução. A caça ao javali nesta altura do ano pode comprometer esta espécie em perigo e que é protegida por legislação europeia e nacional.

O Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas abriu um período extraordinário de caça ao javali para controlo das populações, "prevenção de peste suína africana", assim como "para minimizar os danos causados em culturas agrícolas e florestais".

O ICNF garantiu em resposta escrita à SIC que, nas autorizações da caça extraordinária, "tem em atenção que não devem abranger áreas de reprodução de lobo".

Treze organizações não governamentais ligadas ao ambiente assinaram um documento a pedir a suspensão imediata deste edital que autoriza a caça extraordinária ao javali. Neste momento está a decorrer o census do lobo ibérico. Os últimos números apontam para a existência de 300 individuos em Portugal e dois mil em Espanha.

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia