País

Polémica no liceu da Póvoa de Varzim: vídeos obscenos de professor provocam revolta

Professor de 60 anos incitou alunos a assistirem ao seu canal de Youtube, que continha vídeos de cariz sexual.

Os pais dos alunos de uma escola da Póvoa de Varzim estão indignados com a conduta de um professor de Economia que incitou os alunos a ver imagens impróprias. Num canal no Youtube, o docente aparece nu ou em roupa interior, em vídeos de cariz sexual. As imagens podem chocar as pessoas mais sensíveis.

As imagens são do canal de Youtube de um professor de Economia da Escola Secundária Eça de Queirós, na Póvoa de Varzim.

Na aula de apresentação, o docente incentivou os alunos do 12.º ano a verem o seu canal na plataforma online de vídeo. Os pais tomaram conhecimento da conduta do professor e fizeram queixa à direção da escola, exigindo uma avaliação psiquiátrica e o afastamento imediato do docente.

O professor, com mais de 60 anos, foi colocado este ano na Escola Secundária Eça de Queirós, mas a direção da escola já sabia do canal de Youtube do docente. A direção acabou por advertir o docente antes do arranque das aulas a não expor ou divulgar este tipo de conteúdos.

O professor de Economia é também acusado de retirar a máscara nas aulas, um comportamento que já levou a PSP à escola.

Os encarregados de educação estão a preparar um abaixo-assinado a solicitar a substituição do professor, por considerarem que não reúne as condições mínimas para lecionar.

Numa nota enviada à SIC, o Ministério da Educação refere que o professor foi suspenso no seguimento do processo disciplinar pedido esta quarta-feira pelo diretor da escola.