País

Funcionários da câmara de Caminha suspensos por desvio de mais de 100 mil euros

Loading...

Esquema estaria em marcha desde 2019.

Três funcionários da Câmara Municipal de Caminha terão desviado mais de 100 mil euros através do processamento indevido dos salários. A burla já durava há pelo menos dois anos.

Os funcionários dos recursos humanos estariam a receber todos os meses transferências bancárias com montantes mais elevados que o valor real do vencimento.

Durante dois anos, nunca houve qualquer suspeita e a burla apenas foi detetada por mero acaso na semana passada.

Os três funcionários foram, entretanto, suspensos e a câmara já avançou com uma queixa-crime no Ministério Público.

O sistema informático da autarquia onde são processados os salários dos trabalhadores vai ser alvo de uma auditoria.

Veja também:

Últimas Notícias
Mais Vistos