País

Identificadas mais de 11 mil casas clandestinas nos últimos 3 anos

Maior parte das casas clandestinas em Portugal localiza-se em Lisboa, Sintra, Porto e Gaia.

Nos últimos três anos foram identificadas mais 11 mil casas clandestinas, ou seja sem licença de utilização.

Os dados do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), consultados pelo Expresso, revelam que a pandemia ajudou a que o número aumentasse.

Há agora mais de 24 mil casas clandestinas, a maior parte em Lisboa, Sintra, Porto e Gaia.

As famílias estão cada vez mais com dificuldades em suportar os preços do arrendamento e do crédito a habitação e por isso recorrem a soluções ilegais.

Os resultados dos últimos censos ainda não foram conhecidos, por isso os números podem ser superiores.

Últimas Notícias
Mais Vistos