País

Águas do Baixo Mondego e Gândara alerta para tentativas de fraude

Águas do Baixo Mondego e Gândara alerta para tentativas de fraude

O alerta para esta fraude foi divulgado durante a tarde na rede social Facebook, pela empresa intermunicipal ABMG, que agrega os municípios de Mira, de Montemor-o-Velho e de Soure, no distrito de Coimbra.

A Águas do Baixo Mondego e Gândara (ABMG) emitiu um alerta, esta terça-feira, dando conta de que alguns utilizadores estão a ser contactados por comerciais, que se fazem passar por funcionários da empresa intermunicipal, para comercializarem produtos.

Contactado pela agência Lusa, o diretor-geral da ABMG, Nuno Campilho, conta que, desde o início da semana, foram “contactados por dois ou três clientes, a dizer que havia pessoas a fazerem-se passar por funcionários da empresa, querendo testar a qualidade da água”.

“Deslocam-se a casas dos clientes para fazerem testes à água e demonstrarem, de forma enganadora, uma fraca ou inadequada qualidade da água. Depois promovem a venda de filtros para colocarem nas torneiras”, descreve.

De acordo com Nuno Campilho, “essas pessoas fazem-se passar por funcionários da ABMG para terem acesso facilitado a casa dos utilizadores”.

“Não dão uma informação clara de quem são e percebe-se que há ali em engodo. Os nossos funcionários, que contactam os clientes, são os que fazem a leitura dos contadores e estão identificados com cartão e fardamento da ABMG”, sublinha.

O diretor-geral da ABMG diz ainda que esta não é a primeira vez que tal acontece, lembrando que há cerca de um ano foram reportadas situações idênticas, tendo sido publicado “um aviso da mesma natureza”.

“Queremos evitar que estas situações proliferem, pois esses ditos produtos não vão alterar qualquer circunstância química ou biológica da água, para além de causarem algum alarme junto das pessoas, por dizerem que a água não tem qualidade. Estamos a aprofundar a questão para fazer uma participação às autoridades policiais”, conclui.

Últimas Notícias
Mais Vistos