País

Tribunal da Relação confirma caução de um milhão de euros para advogado de Joe Berardo

Tribunal da Relação confirma caução de um milhão de euros para advogado de Joe Berardo

Os magistrados consideraram a caução necessária, adequada e proporcional.

O advogado de Joe Berardo vai continuar sujeito a uma caução de um milhão de euros. André Luiz Gomes tinha recorrido da medida aplicada pelo juiz Carlos Alexandre, mas o Tribunal da Relação entende que a decisão é adequada, tendo em conta a personalidade do arguido e a previsível condenação.

Há anos que André Luiz Gomes é o braço direito de Joe Berardo. Tal como o empresário madeirense, o advogado foi detido em julho e passou três noites na cadeia à espera de ser ouvido pelo juiz. É suspeito de mais de 30 crimes, entre os quais burla qualificada, fraude fiscal e branqueamento.

O juiz Carlos Alexandre acabaria por libertá-los com a condição de pagarem duas cauções milionárias: Berardo com cinco milhões de euros e André Luiz Gomes com um milhão de euros.

O advogado, que montou as operações financeiras de Joe Berardo, recorreu para o Tribunal da Relação a queixar-se que a medida era excessiva e desproporcionada e que até teve de pedir dinheiro a familiares e amigos para pagar a caução. Pedia que fosse reduzida para menos de um quarto, ou seja, abaixo dos 250 mil euros.

Os juízes da relação dizem agora que não. Tendo em conta os indícios que estão nos autos, a personalidade do arguido manifestada nos factos praticados e a pena que previsivelmente lhe será aplicada em julgamento, os magistrados entendem que a caução é necessária, adequada e proporcional.

Além disso, os juizes não acreditam na falta de dinheiro alegada pelo advogado. Estão convencidos que André Luiz Gomes ganhou muito com Berardo a engendrar complexos estratagemas que permitiram salvar o património do empresário madeirense das tentativas de cobraça das dívidas.

Saiba mais:

Últimas Notícias
Mais Vistos