País

Funcionárias de lar condenadas a pena suspensa por maus tratos a idosos 

Funcionárias de lar condenadas a pena suspensa por maus tratos a idosos 

Alguns dos utentes eram medicados até ficar em estado vegetativo. 

Quatro funcionárias de um lar em Porto Moniz, na Madeira, foram condenadas por maus tratos a idosos com penas de prisão suspensa. Terão ainda de pagar uma indemnização de mil euros a cada uma das vítimas.  

Uma das arguidas foi absolvida e a diretora do lar será julgada num processo à parte, por não ter sido possível localizá-la.  

O tribunal deu como provado que, além de agressões físicas, alguns dos utentes eram medicados até ficar em estado vegetativo. As arguidas utilizariam ainda alcunhas depreciativas com alguns utentes. 

Os factos remontam a 2009, ano em que o lar entrou em funcionamento, e terão decorrido até ao início de 2018, quando a direção foi suspensa na sequência de um processo da Segurança Social após reclamações de familiares. 

Últimas Notícias
Mais Vistos