País

Incêndios danificaram, pelo menos, 60 habitações, anexos e garagens

Incêndios danificaram, pelo menos, 60 habitações, anexos e garagens
PAULO NOVAIS/Lusa

O balanço foi feito pela Proteção Civil.

A informação foi avançada aos jornalistas pelo comandante nacional da ANEPC, André Fernandes, durante uma conferência de imprensa, cerca das 12:00, na sede da Proteção Civil, em Carnaxide, Oeiras, no distrito de Lisboa.

De acordo com o comandante, no incêndio que teve início na quinta-feira na localidade de Cumeada, no concelho de Ourém (distrito de Santarém), ficaram danificadas "28 habitações, anexos e garagens".

No fogo que deflagrou em Vale da Pia, na freguesia de Abiul (concelho de Pombal), às 14:50 de sexta-feira, tendo alastrado ao concelho vizinho de Ansião (distrito de Leiria), foram afetadas "12 habitações, uma 'roulotte', dois armazéns, um aviário e uma serração".

No incêndio que começou na terça-feira na Caranguejeira, no concelho e distrito de Leiria, foram afetadas "quatro habitações e uma vacaria", enquanto "duas habitações e dois anexos" é o balanço provisório do fogo que deflagrou na freguesia de Espite, no concelho de Ourém.

Quanto ao incêndio de Palmela, no distrito de Setúbal, estão contabilizadas pelo menos "duas habitações" danificadas.

No Algarve, o incêndio que deflagrou na terça-feira à noite em Faro e que na quarta-feira se estendeu ao concelho vizinho de Loulé, estão contabilizados danos em duas habitações, estando por contabilizar várias habitações e viaturas.

No incêndio que deflagrou em Oliveira de Azeméis, no distrito de Aveiro, uma "habitação e uma oficina" foram afetadas pelas chamas.

Questionado sobre se são danos em residências de primeira ou segunda habitação, André Fernandes indicou que esse levantamento ainda está a ser feito, entre a Proteção Civil, GNR e autarquias.

Últimas Notícias
Mais Vistos