País

Ventura irrita-se com Santos Silva e Chega abandona o Hemiciclo

Ventura irrita-se com Santos Silva e Chega abandona o Hemiciclo
JOSÉ SENA GOULÃO

O líder do Chega acusa imigrantes de "viverem à custa dos portugueses".

O Chega abandonou o Hemiciclo esta tarde durante um debate sobre as alterações ao regime jurídico, que permite a entrada e permanência de estrangeiros em Portugal. Em causa está uma troca de palavras entre André Ventura e o presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva.

No último plenário da sessão legislativa, o líder do Chega alegou que os portugueses "pagam tantos impostos, porque andamos a sustentar os que cá estão e não querem fazer nada".

O presidente da Assembleia da República não se mostrou indiferente ao comentário e sublinhou que "Portugal deve muito aos muitos milhares de imigrantes que aqui trabalham e que contribuem" para o país.

Augusto Santos Silva – que foi várias vezes aplaudido por deputados de várias bancadas nas suas intervenções – respondeu que não representa o PS nas suas funções, mas sim “o chão democrático comum desta Assembleia, tal como a Constituição o determina e o regimento o impõe”.

“A minha função mais básica é de assegurar o prestígio da Assembleia da República e sempre que o prestígio da Assembleia da República esteja em causa pode vossa excelência ter a certeza que eu intervirei”, disse, tendo a meio desta intervenção a bancada do Chega abandonado o Hemiciclo.

Últimas Notícias
Mais Vistos