País

Vaga de calor em Portugal: temperaturas podem chegar aos 40 graus e aumenta o perigo de incêndios

Loading...
Cinco regiões do interior podem chegar aos 42ºC.

A partir de sábado, as temperaturas vão aumentar, dando início a uma nova vaga de calor, que atingirá sobretudo o interior norte, a zona de Vale do Tejo, o Alto Alentejo, assim como Beja e Faro. O climatologista Carlos Pires estima que as elevadas temperaturas se verifiquem num período de pelo menos seis dias. Os valores estarão na ordem dos 38ºC e 40ºC, com condições propícias a incêndios rurais.

"Esta vaga de calor é a ponta de uma enorme vaga de calor que está a afetar a Península Ibérica e o Sul de França e Itália", considera o climatologista, Carlos Pires.

Para além disso, aponta também os anticiclones dos Açores como outro fator que contribui para esta vaga de calor.

"Uma alteração da dinâmica dos anticiclones dos Açores, que tem proporcionado fluxos de leste de ar muito quente e seco, contribuem para a grande secura dos solos e aumento generalizado das temperaturas".

O climatologista avisa que as vagas de calor têm-se tornado mais prováveis, longas e extensas, devido ao aquecimento global.

"Assim, no fim de semana, a temperatura máxima deverá atingir valores entre 40 e 42°C nas regiões mais interiores dos vales do Douro e do Tejo, no interior do Alentejo e em alguns locais do Interior Centro", destacou o IPMA.

Últimas Notícias
Mais Vistos