País

Seca em Portugal deverá prolongar-se até novembro

Loading...
O aviso é da Comissão Europeia.

Metade das albufeiras em Portugal estão com reservas de água abaixo dos 40%, mas a situação pode piorar: Bruxelas estima que a situação de seca se prolongue até novembro.

Quem tem gado vai ter, muito possivelmente, de continuar a comprar suplementos para rações e as dificuldades em plantar vão manter-se, sobretudo no inverno.

Os agricultores não compreendem como é que ainda não foram feitas mudanças estruturais para aumentar a capacidade de armazenamento de água.

"O apelo é que sejam feitos investimentos com dinheiro do PRR, que seja investido no uso eficiente da água para toda a sociedade, não é só para os agricultores. Se não houver água, os agricultores não podem produzir alimento", disse Luís Mira, da Confederação dos Agricultores de Portugal.

No início da semana, as reservas tinham diminuído em 12 das 61 bacias hidrográficas do país e mais de metade estavam abaixo dos 40%.

Barlavento, Lima, Cavado e Sado registam os valores mais baixos. No caso da albufeira de Touvedo, numa só semana, a capacidade de armazenamento baixou 8%.

Até novembro, a situação não deverá melhorar, pelo menos assim o diz a Comissão Europeia. A seca que atravessa a Europa poderá tornar-se na mais grave dos últimos 500 anos e a Península Ibérica será das zonas do continente mais afetadas.

Os níveis críticos já levaram à implementação de medidas para controlar o gasto de água, por exemplo o encerramento de piscinas, suspensão de regas e redução de consumos em empreendimentos turísticos. Mas, em breve, serão anunciadas mais.

Últimas Notícias
Mais Vistos