País

Segurança Social envia 33 cheques de 125 euros para a mesma morada

Loading...

O apartamento tem estado arrendado ao longo dos últimos anos, mas nunca teve tantos inquilinos diferentes.

O proprietário de um imóvel arrendado em Lisboa foi surpreendido quando foi recolher o correio. O inquilino entregou-lhe um molho inesperado com 33 vales postal no valor de 125 euros. No total eram 4.000 euros enviados pela Segurança Social.

Nos últimos anos, o imóvel tem estado arrendado, mas nunca teve tantos inquilinos diferentes.

O proprietário herdou o imóvel há pouco tempo, sabe que a mãe tinha feito há cerca de quatro anos um contrato de arrendamento a um imigrante, mas não mais que isso.

Se o apoio extraordinário é pago pela Segurança Social, o mais certo é que esses imigrantes registados na mesma morada recebam ou já tenham recebido outros apoios sociais.

Por diversas vezes ao longo dos últimos anos. foram noticiadas várias fraudes na autorização de residência para imigrantes. Há prédios de quatro andares em Lisboa com mais de 1.000 registos de moradores.

Contactado pela SIC, o Ministério da Segurança Social garante que quando é detetada fraude, as autoridades são avisadas, mas, neste caso, não impediu o envio dos vales.

Uma fonte do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras admite que alguém terá usado uma morada para inscrever as dezenas de imigrantes na Segurança Social, que, em principio, seria quem geria no passado esta caixa de correio.

Neste momento, os destinatários destes vales podem nem sequer estar em Portugal.

Últimas Notícias
Mais Vistos