País

Momento "único" mostra que os golfinhos também fazem luto

Loading...

Vídeo mostra fêmea a transportar uma cria morta num momento de luto. As imagens, registadas no Algarve, foram divulgadas pela Associação para a Investigação do Meio Marinho.

Foi durante uma saída de campo que os investigadores da Associação para a Investigação do Meio Marinho (AIMM), baseada no Algarve, detetaram algo de anormal enquanto observavam um grupo de cerca de 60 golfinhos.

Um deles chamou a atenção destes investigadores quando se começou a distanciar do grupo. Aperceberam-se que se tratava de um golfinho adulto fêmea e que seria, provavelmente, uma mãe a transportar uma cria morta.

Em vários momentos foi possível observar a fêmea a mergulhar em desespero para trazer a cria de volta à superfície.

"Estaria a fêmea a tentar que a cria voltasse a respirar" ou seria "um pedido de socorro aos outros indivíduos do grupo", questiona a AIMM.

O processo de luto entre humanos é algo normal, mas no mundo animal existem poucos registos. Para associação, que estuda espécies marinhas que habitam o oceano Atlântico, as imagens deste momento dão “uma perspetiva única sobre este comportamento em golfinhos-roazes”.

"Apesar de ter sido um avistamento um pouco triste, é um comportamento que demonstra a capacidade de sentimento destes animais."

Este momento “único”, registado há cerca de um ano, poderá ser um "indicativo da capacidade de sentimento destes animais".

"Este comportamento poderá estar relacionado a um processo de luto da fêmea pela cria morta semelhante ao observado em humanos", afirma a associação algarvia.

Estas imagens só agora foram divulgadas e acompanham um artigo científico sobre este avistamento publicado o mês passado.

Últimas Notícias
Mais Vistos