País

Duas pessoas realojadas após incêndio destruir parcialmente moradia em Portimão

Duas pessoas realojadas após incêndio destruir parcialmente moradia em Portimão
Visoot Uthairam

Causas do incêndio são ainda desconhecidas.

Duas pessoas tiveram este sábado de ser realojadas após um incêndio ter destruído parcialmente a habitação onde residiam, em Portimão, no distrito de Faro, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

Segundo a mesma fonte, o incêndio, cujas causas ainda são desconhecidas, ocorreu às 08:00 numa moradia unifamiliar na Rua da Fábrica, sem causar feridos, mas provocando danos na habitação, que ficou "parcialmente destruída".

Em declarações à Lusa, a presidente do município, Isilda Gomes, adiantou que a casa era arrendada e que as duas mulheres que lá viviam, uma das quais estrangeira, já foram realojadas pelos serviços municipais numa unidade hoteleira.

"Já foram encaminhadas para uma unidade onde costumamos colocar as pessoas nestas situações, foi-lhes fornecida roupa e produtos de higiene e está também garantida a sua alimentação, através da rede de associações com que o município trabalha", assegurou.

De acordo com a autarca, na segunda-feira será feita "uma avaliação mais completa" à situação, para se decidir qual o encaminhamento a dar àquelas pessoas, uma vez que a causa do incêndio ainda é desconhecida.

Segundo a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro e Proteção Civil (CDOS) de Faro, as pessoas afetadas pelo incêndio têm 48 e 34 anos.

A ocorrência mobilizou 16 operacionais apoiados por sete veículos, entre elementos dos bombeiros, da PSP e de outras entidades.

Últimas Notícias
Mais Vistos
Mais Vistos do