Cartaz

O cinema revela uma nova Lady Gaga

O cinema revela uma nova Lady Gaga

João Lopes

João Lopes

Crítico de Cinema

Não apenas uma cantora, mas uma verdadeira actriz: Lady Gaga contracena com Bradley Cooper no novo “Assim Nasce uma Estrela”. João Lopes comenta as novidades, incluindo a estreia de “O Caderno Negro”, uma adaptação de um romance de Camilo Castelo Branco com assinatura de Valeria Sarmiento.

“Assim Nasce uma Estrela” é a quarta versão que Hollywood produz de uma dramática história de amor vivida nos bastidores do espectáculo. Lady Gaga surge como a grande revelação, tendo a seu lado Bradley Cooper, também realizador e co-argumentista.

Foi distinguido com o prémio de argumento no último Festival de Cannes: “Feliz como Lázaro”, da italiana Alice Rohrwacher, combina o retrato realista do mundo rural com o gosto pela fábula social — está presente a herança de Pier Paolo Pasolini.

A cineasta chilena Valeria Sarmiento reinventa o universo de Camilo Castelo Branco em “O Caderno Negro”. Baseado no romance “O Livro Negro do Padre Dinis”, o filme lança-nos numa intriga de viagens e mistérios em finais do século XVIII.

“Columbus”, uma realização do sul-coreano Kogonada, já pode ser visto ou revisto em formato DVD. Através da história de um homem que visita, pela última vez, o seu pai, esta é uma parábola sobre a arquitectura e o modo como os seus elementos marcam a existência humana.

* Banda sonora: “Assim nasce uma Estrela” (2018), de Bradley Cooper

> “Shallow”, Lady Gaga & Bradley Cooper

  • Leonel Pontes prefere Sporting a vencer, mesmo sem convencer
    2:18