Despojos de Guerra

“Despojos de Guerra”: histórias de espionagem, patriotismo, sobrevivência e romance

“Despojos de Guerra”: histórias de espionagem, patriotismo, sobrevivência e romance

“A informadora” é o primeiro episódio da série que estreia na SIC a 24 de fevereiro.

“Despojos de Guerra” revela histórias extraordinárias de espionagem, patriotismo, sobrevivência e romance tendo como pano de fundo a guerra colonial portuguesa em África (1961 a 1974). 

Com recurso a imagens de arquivo inéditas e pela primeira vez submetidas a um processo de colorização, esta série documental, com assinatura de Sofia Pinto Coelho, vem dar voz a heróis anónimos – informadores, colaboradores e combatentes – que relatam agora as encruzilhadas que enfrentaram em tempo de guerra e de descolonização. 

Despojos de guerra” dá voz a quem viveu a guerra colonial

A série documental pode ser vista no Jornal da Noite da SIC e na plataforma Opto.

Despojos de Guerra é uma co-produção da Blablabla Media com a SIC, e com o apoio à inovação audiovisual do ICA – Instituto do Cinema e Audiovisual. #despojosdeguerra 

“A informadora” é o título do primeiro episódio da série que estreia na SIC a 24 de fevereiro.

No auge da guerra colonial em Angola, uma comerciante e o marido avisavam a PIDE (polícia política) quando os guerrilheiros iam à sua loja abastecer-se de mantimentos.

Sebastiana Valadas revela qual era o seu nome de código, quanto recebiam pelas informações e como prendiam os “turras”. Depois da descolonização, um deles ajustou contas e mandou prendê-la. 

Últimas Notícias
Mais Vistos