Investigação SIC

Suspeita de negligência em lar ilegal denunciada através de fotografias

Investigação SIC

Algumas imagens podem ferir a sensibilidade, mas são essenciais para a compreensão da reportagem. 

A Investigação SIC desta segunda-feira tem como ponto de partida uma denúncia, acompanhada por imagens chocantes, do estado em que uma utente de um lar ilegal chegou à urgência do hospital de Setúbal. A mulher, de 82 anos, apresentava sinais de grave negligência.

Em dezembro de 2019, trocara a casa onde vivia sozinha desde a morte do marido, por um lar da zona de Palmela. Terá entrado por vontade própria por sentir que, apesar de ter ainda autonomia, estava já demasiado vulnerável para continuar a viver sozinha.

Pouco mais de um mês depois, a 27 de Janeiro, o estado de saúde e autonomia alteraram-se radicalmente quando sofreu um AVC. Foi transportada de urgência para o Hospital de Setúbal.

Após 22 dias de internamento, teve alta hospitalar. Apesar do quadro clínico estável não tinha qualquer mobilidade ou autonomia, permaneceu desorientada e com graves limitações de comunicação.

Voltou ao lar, que não tem qualquer placa que o identifique como tal, nem alvará, como confirmou o Instituto da Segurança Social. No dia 9 de agosto, o INEM foi socorrer a utente que viria a morrer poucos dias depois no hospital de Setúbal.