Polígrafo

Coronavírus em Portugal. "Transmissão da doença está mais elevada"

Baltazar Nunes, epidemiologista do Instituto Ricardo Jorge, em entrevista ao Polígrafo.

"A transmissão da doença [Covid-19] está mais elevada, nós estamos com um R de 1,2 ou 1,3 o que quer dizer que a velocidade a que os novos casos estão a surgir é mais rápida que aquela que foi desde maio até agora", salientou o epidemiologista do Instituto Ricardo Jorge Baltazar Nunes.

O R é o "valor médio que cada indivíduo infetado deu origem", e o desejável é que esse valor que esteja abaixo de 1 "para significar que a epidemia está a decrescer"

O especialista diz ainda que, atualmente, o tempo de duplicação da doença é de cerca de 10 dias.

Quanto aos grupos de risco, Baltazar Nunes esclarece que continuam a ser os mesmo e a maioria dos óbitos está acima dos 70 anos, ou seja, "é o grupo que devemos proteger".

Relativamente ao confinamento, garante que "é um cenário que se tem de colocar em cima da mesma"