Reportagem Especial

"Todos somos estranhos até percebemos que é normal"

Humberto Candeias

Humberto Candeias

Repórter de Imagem

Rui Félix

Rui Félix

Editor de Imagem

Cláudia Araújo

Cláudia Araújo

Produção Editorial

A perturbação obsessivo-compulsiva é uma doença que afeta quatro em cada 100 portugueses, mas continua a ser vivida em segredo.

A pandemia trouxe a ansiedade e o medo da contaminação para a população em geral. O desinfetar as mãos e os gestos retidos compulsivamente que até aqui eram vistos como algo estranho ou patológico, passaram a ser considerados “normais”. Mas há pessoas que viviam com estes receios e ansiedades antes da Covid-19.

A perturbação obsessivo-compulsiva (POC) é uma doença que, na forma grave, afeta quatro em cada 100 portugueses. Mas falar de saúde mental continua a significar uma batalha contra o estigma.

A Reportagem Especial “Todos somos estranhos até percebermos que é normal” leva-o a conhecer a como é viver com medos, ansiedades e angústias, mesmo antes da pandemia aparecer.

  • 1:44