Reportagem Especial

"Passo a Passo"

José Vaio

José Vaio

Repórter de Imagem

Lúcia Amorim

Lúcia Amorim

Editora de Imagem

Setor do calçado tenta retomar a normalidade, depois da pandemia.

Os portugueses davam, em média, 4.750 passos por dia. Mas, em março do ano passado, a covid-19 fechou milhões de pessoas em casa.

O impacto da pandemia na indústria do calçado foi, como seria de esperar, pesado: o mercado dos sapatos de luxo parou, já o calçado de borracha e plástico vendeu como nunca.

Os comerciais tiveram de encontrar novas formas de chegar aos clientes no estrangeiro e a palavra "sustentável" entrou de vez no vocabulário dos empresários.

Um ano e meio depois do início do terramoto, passo a passo, o setor do calçado volta a tentar pisar... solo firme.

► A PÁGINA DA REPORTAGEM ESPECIAL