Grande Reportagem SIC

Sem rasto em Moçambique

Luís Pinto

Luís Pinto

Repórter de Imagem

Andres Gutierrez

Andres Gutierrez

Editor de Imagem

Diana Matias

Diana Matias

Produtora Editorial

A investigação moçambicana ao desaparecimento do empresário português Américo Sebastião ainda não teve qualquer resultado. As autoridades de Maputo não deram qualquer resposta às ofertas de cooperação nas investigações feitas pelo Governo português nem a pedidos de esclarecimento. O engenheiro agrónomo foi raptado a 29 de julho de 2016.

A família não recebeu nenhum contacto ou pedido de resgate.

A SIC falou com testemunhas, familiares, empregados, elementos da polícia. Já as autoridades de Maputo não encontraram disponibilidade para falarem connosco.

Coordenação: Cândida Pinto

Direção: Ricardo Costa

Mais reportagens na página da Grande Reportagem SIC

  • Porque não há uma resposta de Moçambique?
    22:41

    Mundo

    A Grande Reportagem "Sem rasto em Moçambique", exibida no Jornal da Noite, esteve em análise na Edição da Noite da SIC Notícias, num debate que contou com a participação da jornalista Cândida Pinto, autora da reportagem, e Fernando Jorge Cardoso, especialista em assuntos africanos.

  • Mulher de português desaparecido em Moçambique pede ajuda à ONU
    1:35

    Mundo

    O português Américo Sebastião desapareceu em Moçambique há ano e meio e a família continua sem respostas sobre o que aconteceu e sobre a investigação. A mulher do empresário, Salomé Sebastião, continua a pressionar e a procurar ajuda. Esta sexta-feira esteve em Bruxelas para falar com um grupo de trabalho das Nações Unidas.

  • "A investigação não vai ao fundo e Moçambique não permite a ajuda da PJ"
    0:35

    Grande Reportagem SIC

    Quase dois anos depois do rapto do empresário português, Américo Sebastião, em Moçambique ainda não há grandes avanços na investigação criminal das autoridades moçambicanas. Portugal ofereceu ajuda, por diversas vezes, nomeadamente da Polícia Judiciária, mas Moçambique não se tem mostrado disponível à colaboração entre polícias, como confirmou a jornalista da SIC Cândida Pinto e autora da Grande Reportagem "Sem Rasto".

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros