Vizinhos

A Haia de Siza multicultural

DOCUMENTÁRIO COMPLETO

A Haia de Siza multicultural

Quando Álvaro Siza foi convidado a intervir no bairro de Shilderswijk, em Haia, nos anos 80, metade da população era holandesa e a outra metade era imigrante. Hoje, mais de 90% dos habitantes de Shilderswijk, têm as origens mais diversas, de dezenas de países. Turcos, marroquinos, paquistaneses, originários do Suriname, da Índia, etc. Álvaro Siza conheceu essa diversidade. Esteve na casa de uma família angolana que há mais de 10 anos vive no bairro e encontrou-se com um refugiado sírio recentemente chegado a uma casa projetada por Siza.

A visita a Shilderswijk em Haia é um dos quatro documentários da série “Vizinhos” que acompanha Álvaro Siza também no Porto, Berlim e Veneza onde desenvolveu projetos de habitação social.

  • A revolução e as casas de Siza no Porto
    38:13

    Vizinhos

    Álvaro Siza entra no Bairro da Bouça, no centro do Porto, e é reconhecido e cumprimentado por novos e velhos. "O senhor arquiteto é como se fosse uma pessoa da família!". A exclamação de Amélia Castro é extensiva a muitos dos que habitam no bairro social da Bouça desde finais da década de 70.