Saúde e Bem-estar

Quais os sintomas de hepatite nas crianças aos quais os pais devem ficar atentos?

27.04.2022 11:22

hepatitis colorful word on the wooden background

Saiba ainda o que é a hepatite e que cuidados devem ter as crianças.

Foram identificados 190 casos de hepatite aguda atípica em crianças de todo o mundo, mas, em Portugal, ainda não foi registado nenhum. Os pais devem ficar alerta e, para isso, listamos quais os sinais que a doença dá.

Os casos severos de hepatite em crianças e jovens saudáveis têm aumentado. Entre outubro de 2021 e fevereiro de 2022, nove crianças entre os 1 e os 6 anos deram entrada no hospital de Alabama com hepatite aguda, das quais duas precisaram de um transplante de fígado.

Casos parecidos têm aparecido na Carolina do Norte, bem como na Europa. A agência de Segurança da Saúde do Reino Unido já reportou mais de 100 casos da doença em crianças com menos de 10 anos, desde janeiro de 2022 – dos quais 10 necessitaram de transplante.

O que é a hepatite?

Hepatite é um termo utilizado para descrever uma inflamação no fígado, um órgão essencial para auxiliar a digestão, bem como para limpar toxinas do sangue. Quando se encontra inflamado, deixa de poder realizar essas funções.

Já a hepatite aguda refere-se à inflamação que aparece relativamente rápido, com uma duração que não ultrapassa os seis meses – que pode eventualmente ser severa e levar à falência do órgão.

Quais os sintomas aos quais os pais devem ficar atentos?

Os sintomas de hepatite nas crianças são facilmente identificáveis. Febre, cansaço, dores musculares, perda de apetite, náuseas, diarreia e vómitos são alguns deles. Mas a cor da urina e das fezes também podem ser um sinal.

As dores abdominais, principalmente no abdómen superior direito – onde se localiza o fígado -, são também podem indicar que algo não está bem. É importante que os pais recorram a um médico sempre que o toque no abdómen provoque dores agudas na criança.

“A primeira mudança é nos olhos: a parte branca começa a ficar amarelada”, acrescenta Alexander Weymann, diretor do centro de fígado do Nationwide Children’s Hospital, em Ohio.

O tom amarelado na pele (icterícia) também é um dos sintomas, no entanto, às vezes só é notório quando “a inflamação ou disfunção do fígado já está em estado avançado”, explicou o médico.

A hepatite pode ter várias causas, desde doenças autoimunes a efeitos secundários de certos medicamentos e, com frequência, é causada por um dos cinco tipos de vírus da doença – hepatite A, B, C, D ou E.

Relativamente ao aumento de casos em crianças, Jennifer Lighter, pediatra especialista em doenças infeciosas e epidemiologista no hospital N.Y.U Langone Health, em Nova Iorque, explica.

“É interessante ver que esta doença aparece só em crianças com menos de 10 anos, porque significa que a maior parte das pessoas com idade superior tem imunidade ao adenovírus. E por isso talvez só apareça em crianças mais jovens”, disse.

Quais os cuidados que as crianças devem ter?

Existem mais de 50 tipos de adenovírus que podem causar febre, vómitos e diarreia. No entanto, os profissionais de saúde não têm a certeza de que seja o adenovírus a causar os recentes surtos de casos de hepatite.

Mas existem alguns cuidados que os pais podem ensinar aos filhos para evitar a doença, praticamente os mesmos utilizados para evitar a covid-19, desde lavar as mãos frequentemente e evitar tocar com a cara ou com as mãos em superfícies não higienizadas.

SAIBA MAIS

Últimas Notícias