Saúde e Bem-estar

Cães conseguem "cheirar" o stress dos donos

Cão
Cão
Klaus Vedfelt

Um estudo analisou o comportamento dos animais perante várias amostras.

Ao chegar a casa, depois de um dia stressante, reparou que o seu cão está mais atencioso? Um estudo concluiu que os cães têm a capacidade de reconhecer quando os donos estão stressados através do cheiro.

O artigo, publicado na revista Plos One, explica que os animais têm a capacidade de identificar um odor associado ao stress no hálito e no suor do dono. Os investigadores, que fazem parte da Queen’s University of Belfast, na Irlanda do Norte, consideram que esta descoberta pode ser útil no treino de cães de terapia.

Durante a experiência – que contou com quatro cães, cedidos de forma voluntária pelos respetivos donos – os animais foram instruídos para escolher um de três latas com odores diferentes. Em 650 das 700 tentativas, os animais optaram pela amostra que continha suor ou hálito que correspondia a uma pessoa em stress. Sempre que os cães se sentavam em frente a um odor de stress, recebiam um doce.

Westend61

As amostras foram recolhidas de 36 voluntários durante uma situação de stress – neste caso a resolução de um problema de matemática de elevada dificuldade. As três latas continuam suor ou hálito recolhido antes ou depois da tarefa, tendo em conta o aumento da pressão arterial e do ritmo cardíaco registado.

“Tínhamos muitas evidências de que os cães conseguem captar odores de humanos que estão associados a certas condições médicas ou doenças – mas não temos muitas evidências de que eles possam sentir diferenças no nosso estado psicológico”, afirma Clara Wilson, investigadora líder, citada pela BBC.

A habilidade dos cães para identificar odores específicos já tem vindo a ser utilizada em várias áreas – desde a deteção de drogas e explosivos até a identificação de determinadas doenças.

Últimas Notícias
Mais Vistos