Saúde e Bem-estar

Investigadores portugueses criam dispositivo para ajudar quem sofre de alergias

Loading...

O projeto está a ser desenvolvido por dois investigadores da Universidade da Beira Interior.

Dois investigadores da Universidade da Beira Interior desenvolveram um dispositivo que ajuda quem sofre de alergias. Trata-se de uma aplicação de telemóvel que conjuga informação clínica e condições atmosféricas.

Gonçalo Fonseca, 30 anos, é um dos fundadores da MEDEV. Já com alguns anos de trabalho, acredita ter encontrado uma forma de ajudar todos os que sofrem de alergias – seja pela concentração de pólenes, seja por causa da poluição excessiva.

O projeto é ainda um protótipo de aplicação para telemóvel com informação útil à regulação dos níveis de alerta.

A prevalência de alergias na primavera estende-se agora ao ano inteiro pelo que previsibilidade natural diminuiu. Estima-se que metade da população mundial tem problemas relacionados com as alergias e, por isso, a equipa da MEDEV vê escala no projeto, mesmo para outras valências.

A Saúde é, no entanto, o foco da equipa instalada na Ubimedical, na Covilhã. A empresa venceu já um concurso na Madeira, por conta de um outro dispositivo de apoio a remoção de líquido do abdómen.

Últimas Notícias
Mais Vistos