Os Especialistas

Cancro da mama. "Temos que investir mais em formas de melhorar a qualidade de vida das pessoas"

Maria João Cardoso, cirurgiã da Unidade de Mama do Centro Clínico Champalimaud e presidente da associação Mama Help, explica a importância de garantir o máximo de bem-estar às doentes com cancro da mama

O cancro da mama é das neoplasias que maior incidência tem, em Portugal. No entanto, quando descoberto precocemente, o prognóstico revela-se favorável, na maioria dos casos, o que contribui para que a taxa de cura ronde os 90%. Não obstante, o que estes números também nos dizem é que existem muitos sobreviventes que lidam, durante muitos anos da sua vida, com sequelas físicas e psicológicas causadas pelos tratamentos e pelo processo, normalmente longo e complexo.

Na verdade, para além se serem obrigadas a lidar com o facto de terem um tumor, as doentes de cancro da mama são, muitas vezes, invadidas com dúvidas relacionadas com o seu estilo de vida. Como posso pedir apoio psicológico? O que devo comer ou que cremes devo usar? Posso aliviar a dor? são algumas das perguntas que as doentes levam às suas consultas e que, por vezes, fogem à abordagem tradicional adotada pelo médico.

Maria João Cardoso, cirurgiã e atual presidente do Mama Help, lembra-se do motivo pelo qual decidiu agir ativamente na melhoria do bem-estar das doentes oncológicas com esta neoplasia maligna da mama. No fundo, a experiência mostrou à especialista e aos seus pares que a hora de consulta que tinham com as suas pacientes não era suficiente para abordarem questões que vão para além da cura.

Na tentativa de dar resposta a estas dúvidas e com o intuito de agregar vários serviços, num único local, que incidam sobre questões complementares ou não-médicas, surge o Mama Help, cujo lema "Vai ver que faz sentido", dá o mote à missão da associação: Melhorar a qualidade de vida das doentes com cancro da mama através de uma abordagem holística.

Para Maria João Cardoso o caminho é claro e não tem que passar apenas pela descoberta de um novo fármaco. "Devemos investir mais em formas de melhorar a qualidade de vida dos doentes com cancro", conclui a presidente do Mama Help.

Áreas de atuação

O Mama Help assume-se como sendo um centro diversificado de recursos, aberto a toda a gente. Disponibiliza informação e ajuda em várias áreas, desde o primeiro diagnóstico e em todas as fases da doença (cancro da mama avançado, inclusive).

Destacamos os seguintes serviços, que podem ser prestados através de consulta ou evento presencial ou até em forma de sessão de esclarecimento, via webinar ou evento digital (mais comum em tempos de pandemia):

-Aconselhamento jurídico;

- Psicologia;

- Nutrição;

- Fisioterapia;

- Exercício físico e ioga;

- Acupuntura;

- Naturopatia;

- Centro de imagem (tatuagem de sobrancelhas e outras zonas; técnicas sobre cuidados capilares, entre outros.);

- ...

Clique AQUI para estar a par de todas as atividades realizadas pela associação.

Contactos

- Site ( https://www.mamahelp.pt/index.php ) ;

- Facebook .

Para mais informação clique AQUI.

Os Especialistas

Mais