Cultura

Irmã de Michael Jackson revela ter sido violada pelo pai aos 11 anos

Phil McCarten

Em entrevista, fala ainda sobre as alegações contra o irmão.

LaToya Jackson revelou em entrevista ter sido violada pelo pai, Joe Jackson, aos 11 anos. A irmã do “Rei da Pop” falou sobre a relação abusiva e a “campanha de medo” que instava na família.

Os abusos terão começado depois da sua irmã mais velha, Rebbie, ter saído de casa aos 16 anos. Na biografia “Growing Up In The Jackson Family”, para além de partilhar histórias da sua infância, conta como o pai se costumava deitar na sua cama, e como ouvia a mãe pedir para que a deixasse descansar.

“Quando o meu pai saía da cama dele e vinha para a minha, ouvia a minha mãe dizer: ‘Não, Joe, hoje não. Deixa-a descansar. Deixa-a em paz. Ela está cansada’”, cita o jornal Mirror.

A quinta filha da família Jackson revela ainda que a “vergonha” que sentiu durante toda a vida a impediu de falar mais cedo sobre os abusos. Questionada sobre a possibilidade de o pai poder ter feito o mesmo aos restantes irmãos, recusou ter qualquer conhecimento.

Na mesma entrevista, falou sobre os casos de pedofilia de que é acusado Michael Jackson, criticando a mãe por alegadamente saber dos abusos durante anos.

“A minha mãe sabia que as crianças dormiam lá (na casa de Michael). Costumava dizer que não o suportava. Ela sabe, agora nega-o e isso é o que magoa”.

  • Votar? É mais praia...
    2:43