Cultura

Palácio de Mafra, Bom Jesus de Braga e Museu Machado de Castro são Património da UNESCO

O Museu Nacional Machado de Castro, em Coimbra, foi também integrado na área classificada pela UNESCO como Património Mundial da Universidade de Coimbra.

O conjunto composto pelo Palácio, Basílica, Convento, Jardim do Cerco e Tapada de Mafra recebeu hoje a classificação de Património Cultural Mundial da UNESCO, na reunião do comité da organização, a decorrer em Baku, no Azerbaijão.

A notícia já era esperada em Mafra e enche de orgulho quem nasceu na terra cujo ex-libris é agora Património Mundial da UNESCO. O conjunto que foi classificado integra também o jardim do cerco e a Tapada de Mafra. Um conjunto tutelado por diferentes ministérios, da Cultura à Agricultura passando pela Defesa.

O Santuário do Bom Jesus, em Braga, recebeu este domingo a classificação de Património Cultural Mundial da UNESCO, na reunião do comité da organização, a decorrer em Baku, no Azerbaijão, anunciou a organização.

Também o Museu Machado de Castro em Coimbra integrado no Património Mundial da UNESCO

O Museu Nacional Machado de Castro, em Coimbra, foi hoje integrado na área classificada pela UNESCO como Património Mundial da Universidade de Coimbra, Alta e Sofia, disse à agência Lusa, a diretora do Museu, Ana Alcoforado.

A inclusão do Museu Nacional Machado de Castro (MNMC) na área classificada como Património Mundial, em 2013, foi decidida na 43.ª Sessão do Comité do Património da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), que está a decorrer em Baku, no Azerbaijão, até 10 de julho.