Cultura

Direção Regional do Centro com 245 mil euros para retoma da atividade cultural

A verba destina-se a estruturas não profissionais.

A Direção Regional da Cultura do Centro substituiu o seu Programa de Apoio à Ação Cultural, orçado em 70 mil euros, com um novo mecanismo com a dotação de 245 mil euros para estruturas não profissionais, anunciou este organismo.

O novo programa, que substitui aquele que tinha iniciado a 1 de fevereiro, tem "um orçamento total de 245 mil euros e novas normas", permitindo a "candidatura de mais associações e de projetos mais ambiciosos", afirmou a Direção Regional da Cultura do Centro (DRCC), em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

O Programa de Apoio à Ação Cultural (PAAC) agora lançado, destinado somente a estruturas não profissionais, terá um reforço do limite máximo de apoio por candidatura, apoio até 100% das despesas elegíveis e permite "candidaturas mais flexíveis", aclarou.

Segundo a DRCC, este mecanismo permite também o acesso a estruturas culturais com menos de dois anos de existência, candidaturas de festivais em primeira edição e acesso ao financiamento por parte de bandas de música, filarmónicas, escolas de música, tunas e outras agremiações culturais que se dediquem à atividade musical.

No âmbito desta iniciativa, foi igualmente criada uma nova medida de apoio à edição discográfica, e há despesas que passam a ser consideradas elegíveis, como deslocações, alojamento e alimentação.

As candidaturas que já tinham sido submetidas ao anterior mecanismo, lançado em fevereiro, podem ser revistas pelos proponentes.

O calendário de candidaturas ao novo programa começa hoje e termina a 23 de abril.

Uma das novidades já prevista no PAAC para este ano era a inclusão da realização de eventos culturais apenas em formato virtual, assim como a elegibilidade de despesas com a realização de 'streaming'.

Em 2020, o PAAC apoiou 32 projetos na região Centro.