Cultura

A última publicação da diretora de fotografia morta acidentalmente por Alec Baldwin

Halyna Hutchins tinha 42 anos.

A diretora de fotografia, Halyna Hutchins, foi morta na quinta-feira pelo ator e produtor Alec Baldwin, na sequência de um acidente nas filmagens do filme "Rust", no Novo México. Hutchins ainda foi transportada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

A última publicação de Hutchins foi feita na terça-feira no Instagram. É um vídeo no "set" do filme "Rust", no qual descreve: "Um dos benefícios de gravar um filme western é que podes andar a cavalo na tua folga".

De acordo com o seu site profissional, Hutchins nasceu na Ucrânia e cresceu numa base militar soviética no Círculo Polar Ártico. Estudou jornalismo no seu país e percorreu o caminho de cinematografia, em Los Angeles.

Como diretora de fotografia, trabalhou em vários filmes como, "Archenemy" (2020), com Joe Manganiello, "Blindfire" (2020) e "The Mad Hatter" (2021).

De acordo com os investigadores, que se deslocaram ao local, o incidente parece ter sido causado pela utilização, como adereço, de uma arma de fogo, disparada durante uma cena do filme.

O acidente ocorreu durante a tarde (hora local) de quinta-feira, no rancho de Bonanza Creek, onde decorriam estavam a ser filmadas várias cenas do western, do qual Baldwin era produtor e protagonista.

O diretor do filme, Joel Souza, de 48 anos, também foi atingido e encontra-se nos cuidados intensivos.

VEJA TAMBÉM: