Cultura

Governo ucraniano satisfeito com realização da Eurovisão no Reino Unido

Governo ucraniano satisfeito com realização da Eurovisão no Reino Unido
MARCO BERTORELLO

O ministro da Cultura ucraniano considera que o evento irá apresentar a Ucrânia ao mais alto nível.

A Ucrânia reagiu à realização a próxima edição da Eurovisão no Reino Unido. O ministro da Cultura ucraniano, Oleksandr Tkachenko, mostrou-se satisfeito com a decisão, através da rede social Telegram.

Oleksandr Tkachenko, diz que a União Europeia de Radiodifusão, que produz o evento, deu garantias de que o festival vai ser organizado em nome da Ucrânia e que o país será apresentado ao mais alto nível.

A decisão de realizar a Eurovisão no Reino Unido foi tomada depois da organização concluir que a Ucrânia (país vencedor da última edição) não teria condições para receber o evento devido à guerra.

Em condições normais o festival decorreria no país vencedor da última edição, mas como a Ucrânia se encontra em conflito, tal não poderá acontecer.

Anteriormente, o ministro da Cultura ucraniano tinha mostrado desagrado em relação à possibilidade do festival não se realizar no país, mas não foi o único no panorama político internacional, uma vez que Boris Johnson também já apoiou publicamente a decisão da Ucrânia organizar o festival no próximo ano.

O Reino Unido ficou em segundo lugar no concurso deste ano, pelo que a União Europeia de Radiodifusão decidiu entregar ao país a responsabilidade de organizar o evento em 2023. A entidade organizadora já tinha admitido a possibilidade do festival mudar de localização para terras britânicas.

Últimas Notícias
Mais Vistos