Cultura

Morreu Jean-Luc Godard

Morreu Jean-Luc Godard
Stephane Cardinale - Corbis
Tinha 91 anos.

O realizador franco-suíço Jean-Luc Godard, o pai da Nouvelle Vague nos anos 1960, cujas incursões em temas tabus e novas técnicas inspiraram gerações de realizadores, morreu esta terça-feira aos 91 anos, avança o jornal francês Libération, citando fontes familiares.

Em comunicado, citado pela AFP, a família revela que morreu em casa em Rolle, na Suíça.

“O cineasta Jean-Luc Godard morreu a 13 de setembro de 2022, anuncia a sua esposa Anne-Marie Miéville e os seus produtores. Não haverá nenhuma cerimónia oficial. Jean-Luc Godard morreu pacificamente em sua casa cercado pelos seus entes queridos. Será cremado”.

Nascido numa rica família franco-suíça em 3 de dezembro de 1930, em Paris, o “enfant terrible” foi durante vários anos um dos cineastas mais provocadores na Europa e mais além – começando em 1960 com o filme de estreia "À bout de souffle" / O Acossado".

Foi autor de obras influentes como "O Desprezo" (1963), com Brigitte Bardot, "Bando à Parte" (1964), "Pedro, o Louco" (1965) ou os mais recentes "Filme Socialismo" (2010) e "Adeus à Linguagem" (2014). Os seus filmes tornaram Jean-Paul Belmondo uma estrela.

Últimas Notícias
Mais Vistos