Desporto

Ronaldo poderá ter de enfrentar um processo crime no caso da alegada violação de Katheryn Mayorga

Alberto Lingria

A queixa-crime poderá implicar agora uma pena de prisão para Cristiano Ronaldo.

A mulher que acusou Ronaldo de violação retirou a queixa cível contra Cristiano Ronaldo, mas apresentou uma queixa-crime num tribunal federal.

Esta alteração significa que a norte-americana retirou o pedido de indemnização. A queixa-crime pode implicar agora uma pena de prisão para o jogador português.

A informação foi confirmada à SIC por fonte próxima de Ronaldo. O caso continua agora a decorrer no tribunal federal do estado do Nevada.

Cristiano Ronaldo foi acusado, em setembro, de ter abusado sexualmente da norte-americana em 2009, num hotel em Las Vegas.