Desporto

Rússia vai acolher Euro2020 e final da Liga dos Campeões apesar da suspensão

Anton Vaganov/ Reuters

A Rússia foi hoje excluída dos Jogos Olímpicos durante quatro anos, devido a questões de doping levadas a cabo com o apoio estatal tornadas públicas há cerca de seis anos, anunciou a Agência Mundial Antidopagem.

A Rússia vai acolher os jogos do Euro2020 de futebol e a final da Liga dos Campeões em 2021, apesar da suspensão de quatro anos por doping, anunciou hoje Viacheslav Koloskov, presidente honorário da União de Futebol da Rússia.


"Essa decisão não afeta de maneira nenhuma a celebração dos jogos do Europeu de 2020 e a final da Liga dos Campeões. A decisão da Agência Mundial Antidopagem (AMA) não anula a decisão da UEFA. Não há motivos para isso", disse Koloskov, antigo vice-presidente da FIFA, à agência Interfax.


A cidade russa de São Petersburgo vai acolher três jogos da fase de grupos do Euro2020 em junho do próximo ano, bem como um jogo dos quartos de final em julho. A mesma cidade vai receber a final da Liga dos Campeões em 2021.


A Rússia foi hoje excluída dos Jogos Olímpicos durante quatro anos, devido a questões de doping levadas a cabo com o apoio estatal tornadas públicas há cerca de seis anos. Além das competições olímpicas, o país ficará também impedido de participar em competições mundiais durante quatro anos, incluindo a qualificação para o Mundial de futebol de 2022.

Lusa

  • 0:40
  • Investir agora na infância para poupar no futuro

    Desafios da Mente

    Assegurar o desenvolvimento saudável de todas as crianças é essencial para as sociedades que procuram alcançar o seu pleno potencial sanitário, social e económico. A prevenção da adversidade precoce deve ser uma preocupação diária e não apenas assunto no mês de abril, mês Internacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância. Os Governos, as famílias, as comunidades e as organizações devem ser envolvidas a fim de alcançar estes objetivos.