Desporto

Rafinha deixa o FC Barcelona e assina pelo Paris Saint-Germain

Manu Fernandez

Internacional brasileiro assinou contrato com o PSG por três temporadas.

O futebolista internacional brasileiro Rafinha deixou o FC Barcelona ao fim de 14 anos de ligação aos catalães e assinou contrato com o Paris Saint-Germain por três temporadas, até 2023, anunciaram esta segunda-feira os dois clubes.

Os dois emblemas não revelaram os detalhes do negócio pelo jogador, de 27 anos, mas, de acordo com a comunicação social espanhola, o médio rescindiu o vínculo que o ligava por mais um ano ao 'Barça', sendo que os tricampeões franceses ainda poderão pagar três milhões de euros (ME), mas dependentes de objetivos.

Rafinha e o FC Barcelona colocam, assim, um ponto final a uma ligação de 14 anos, que começou em 2006, quando o jogador, filho do antigo internacional brasileiro Mazinho, entrou para os escalões de formação dos catalães.

Neste período, foi cedido por duas vezes ao Celta de Vigo, a última das quais na temporada passada, e uma ao Inter de Milão, em 2017/18.

Pelo FC Barcelona, disputou 90 jogos e marcou 12 golos, tendo conquistado três ligas espanholas, cinco taças de Espanha, uma Supertaça espanhola, uma Liga dos Campeões e uma Supertaça Europeia.

  • Marcelo Rebelo de Sousa: aprender a perder para depois ganhar o país

    Presidenciais

    Marcelo Rebelo de Sousa foi um predestinado. Nasceu e cresceu à boleia da ditadura, mas a sua luta foi pela democracia. Parecia não alimentar a vontade de alcançar altos cargos políticos e chegou mesmo a invocar o nome de Deus em vão: "Nem que Cristo desça à Terra!", dizia Marcelo. Declarou também que dez anos como Presidente da República era muito tempo. Mas ei-lo de novo a contrariar-se e a seguir o caminho que já lhe vinha a ser apontado.

    Ana Luísa Monteiro