Desporto

Covid-19 deixa Ronaldo fora do confronto com a Suécia

Sergei Karpukhin

Capitão da seleção nacional testou positivo.

A seleção nacional defronta esta quarta-feira a Suécia à procura da liderança do Grupo 3 da Liga das Nações, num encontro que Cristiano Ronaldo falha depois de ter testado positivo à covid-19. O capitão não vai pisar o relvado do Estádio José Alvalade, em Lisboa, para ajudar os companheiros a ficar mais perto da fase final da competição.

A revelação foi feita na terça-feira pela Federação Portuguesa de Futebol.

"Cristiano Ronaldo foi dispensado dos trabalhos da seleção nacional após teste positivo para covid-19, pelo que não defrontará a Suécia. O internacional português está bem, sem sintomas e em isolamento", lê-se numa nota publicada no site oficial do organismo.

Cristiano Ronaldo é o terceiro jogador da Seleção Nacional a testar positivo.

OS OUTROS CASOS DE COVID-19 NA SELEÇÃO

Na semana passada, também numa terça-feira, o defesa central José Fonte acusou positivo à covid-19 e foi obrigado a abandonar o estágio de Portugal, acabando Domingos Duarte por ser chamado pelo selecionador nacional, e três dias depois, na sexta-feira, foi a vez do guardião Anthony Lopes ser dado como infetado, com Bruno Varela a render o jogador do Lyon.

O caso positivo de Lopes levou mesmo a seleção nacional a adiar por um dia a viagem até Paris, onde no domingo empatou a zero com a França, também em partida da Liga das Nações.

"Seleção portuguesa está a enfrentar um surto"

Tiago Correia, professor de Saúde Pública Internacional, considera haver riscos de as equipas entrarem em campo e defende que os jogadores devem ficar em quarentena após a partida.

Sobre a imagem de Ronaldo com os colegas da seleção à mesa, Tiago Correia fala na mensagem que é passada às camadas mais jovens e diz que a UEFA e as federações de futebol deviam ter uma posição firme sobre os surtos de covid-19 nas equipas.

"Precisamos de união e de seguir regras semelhantes"

"Podem surgir mais casos na seleção"

A mensagem de Marcelo

Marcelo Rebelo de Sousa já desejou as melhoras a Cristiano Ronaldo. Numa nota publicada no site oficial, a FPF explica que Ronaldo "(...) foi dispensado dos trabalhos da Seleção Nacional após teste positivo para a Covid-19, pelo que não defrontará a Suécia". Marcelo relembra que a seleção já fez grandes exibições sem o capitão.

Ronaldo assintomático. Quem não sabe que está infetado "pode ter um comportamento de maior risco"

Sem sintomas da doença, o capitão da seleção nacional está a cumprir isolamento.

Em entrevista à SIC Notícias, o virologista Pedro Simas explicou que em todas as situações que movem contactos entre pessoas há maior dificuldade em controlar a disseminação do vírus e que isso não acontece só no futebol, como também nas escolas e empresas.

“Houve uma meia surpresa”, diz Joaquim Rita

Joaquim Rita, comentador da SIC Notícias, considera que “houve uma meia surpresa”.

“Havia uma indicação de que um jogador da seleção poderia estar infetado e é essa a razão que levou a um adiamento quer da conferência de imprensa, quer do treino da manhã”, disse o comentador à Edição da Tarde.

Disse ainda que o mais importante é que a infeção não passe para grupos de risco e que, por isso, é cada vez mais importante aderir às regras - como o uso de máscara e higienização das mãos - para controlar o número de infeções e evitar mortes.

As contas (simples) que Portugal precisa de fazer

No 20.º confronto entre as duas nações, o atual detentor da Liga das Nações tem de novamente bater a Suécia, como aconteceu no duelo da segunda jornada (2-0), em Solna, e esperar que a França tropece na Croácia.

Portugal e França seguem no topo no Grupo 3, com sete pontos, embora a formação lusa tenha para já vantagem na diferença de golos, enquanto a Croácia, que é terceira, reentrou na luta pelo apuramento na última ronda, depois de vencer em casa a Suécia, por 2-1, somando os primeiros três pontos.

Além do empate a zero em França e do triunfo por 2-0 na Suécia, Portugal iniciou a defesa do título da Liga das Nações com uma goleada sobre a Croácia, por 4-1, no Estádio do Dragão, no Porto.

O Portugal-Suécia está agendado para as 19:45 e terá arbitragem do sérvio Srdjan Jovanovic.

Veja também: