Desporto

PJ faz buscas ao Benfica e ao Santa Clara

Relvado do Estádio da Luz

JOSE SENA GOULAO

Por alegada corrupção desportiva.

A Polícia Judiciária está a fazer buscas esta segunda-feira ao Benfica e ao Santa Clara por suspeitas de corrupção desportiva. De acordo com a revista Sábado, as buscas estão a ser feitas por dezenas de agentes nas instalações dos dois clubes.

Questionados pela Lusa, os dois clubes confirmaram terem sido alvo de buscas, tendo ambos os emblemas da I Liga remetido esclarecimentos para mais tarde, através de comunicados.

Trata-se de uma investigação conjunta do Ministério Público, da Polícia Judiciária e da Autoridade Tributária.

A operação estará relacionada com a compra e venda de três jogadores líbios. Em causa estão crimes de participação económica em negócio, recebimento indevido, corrupção desportiva e branqueamento de capitais.

No Estádio da Luz, as buscas estão a ser feitas na SAD e no gabinete da presidência. Estará também a ser investigado um empresário de Singapura ligado ao Santa Clara.

O comunicado do Ministério Público

Em comunicado, a Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou a realização de 29 buscas: "oito domiciliárias; uma, a uma fundação; seis, a instalações de três sociedades desportivas; nove, a outros tipos de sociedade; três, a dois clubes desportivos; e duas, a dois escritórios de advogados".

"Estão em causa negócios de diversa natureza, todos relacionados com o futebol profissional e relativos, nomeadamente, a contratos de parceria de cooperação financeiro-desportiva e respetivos aditamentos bem como a acordos de alteração de contrato de parceria.

Investigam-se ainda a aquisição dos direitos desportivos e económicos dos jogadores por parte de clubes nacionais de futebol, empréstimos concedidos a um destes clubes e a uma sociedade desportiva por um cidadão de Singapura com interesses em sociedades sediadas nas Ilhas Virgens Britânicas e a utilização das contas do mesmo clube e de outro, para a circulação de dinheiro.

As investigações incidem igualmente sobre o envolvimento de outros tipos de sociedades (algumas ligadas ao setor imobiliário), o pagamento em dinheiro de 2 prémios de jogo, a satisfação de dívidas pessoais de dirigentes, a utilização por estes de valores dos clubes e a omissão declarativa de operações fiscalmente relevantes".

Veja também:

  • 3:09