Desporto

"Vou abandonar este patético mundo de covid". Frederico Varandas vai apresentar queixa na Ordem dos Médicos

Em causa os "falsos positivos" dos jogadores Nuno Mendes e Sporar.

No final do encontro, Frederico Varandas apresentou-se na sala de imprensa para garantir que Sporar e Nuno Mendes não estão infetados com coronavírus.

O presidente do Sporting anunciou ainda que vai apresentar uma queixa na Ordem dos Médicos.

Nuno Mendes e Sporar ficaram fora das opções do Sporting para a meia-final da Taça da Liga frente ao FC Porto, depois de, na véspera, os "leões" terem anunciado a sua disponibilidade.

O lateral esquerdo e o avançado esloveno falharam a receção ao Rio Ave (1-1), da 14.ª jornada da I Liga, na sexta-feira, mas foram dados como aptos pelo departamento médico dos lisboetas, por se terem tratado, segundo o emblema leonino, de "falsos positivos" ao coronavírus responsável pela pandemia de covid-19.

O treinador do Sporting, Ruben Amorim, convocou ambos, enquanto o FC Porto ameaçou "repensar a participação na 'final four'", caso fossem utilizados, por considerar esta situação "um atentado à saúde pública".

Frederico Varandas classificou toda a situação de "muito estranha" e garantiu "inequivocamente que os jogadores não têm covid".

"Vou abandonar este patético mundo de covid, porque dentro de momentos vou entrar num banco de 24 para tratar de doentes covid reais", concluiu o presidente do Sporting.