Desporto

FPF defende que desporto não pode ficar de fora do Plano de Recuperação e Resiliência

Desporto não foi incluído no plano do Governo, fazendo com que as verbas comunitárias pós-covid não sejam direcionadas para esta área.

Pedro Dias, da direção da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), defende que o desporto não pode ficar de fora do Plano de Recuperação e Resiliência.

O responsável lembra que a perda económica e social da úlitma época e meia já representa o equivalente a um ano do total da bazuca disponibilizada pela União Europeia.

Um estudo da UEFA revela que o retorno social do investimento do futebol em Portugal é de mais de 1.6 mil milhões de euros. É divulgado numa altura em que o futebol não profissional atravessa uma grave crise financeira.

O desporto não foi incluído no Plano de Recuperação e Resiliência do Governo, fazendo com que as verbas comunitárias pós-covid não sejam direcionadas para esta área.

  • 1:55
  • O cartão amarelo que não se percebe 

    Opinião

    Despir a camisola aquando da celebração de um golo é proibido pelas leis de jogo. Penso que toda a gente sabe disso. Aliás, basta apenas que um qualquer jogador cubra a cabeça usando essa peça de equipamento para ser sancionado.

    Duarte Gomes