Desporto

Jogos da Taça de Liga de sábado adiados para domingo

REGIS DUVIGNAU

Os jogos serão todos realizados no domingo, para que possa haver público nas bancadas.

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, afirmou à Lusa que os jogos da Taça da Liga agendados para sábado vão ser adiados para domingo, para que possam ter público nas bancadas.

"A Liga, que tinha jogos marcados para sábado e domingo, resolveu adiar todos os jogos para domingo, para que possamos premiar aqueles que durante 13 meses foram tão penalizados. Os jogos serão todos realizados no domingo, para que possamos ter público nas bancadas", disse em declarações à Lusa.

Os jogos da segunda fase da Taça da Liga estavam previstos decorrer entre sexta-feira e domingo, mas com esta decisão apenas uma partida será disputada antes, o Paços de Ferreira com o Gil Vicente.

"O jogo será o único que não vai ser adiado porque o Paços de Ferreira está envolvido nas competições internacionais e é necessário cumprir o prazo de descanso. Também queremos fazer a defesa das equipas nacionais nas competições internacionais e chegámos a acordo com os clubes para manter o jogo na sexta-feira", disse Pedro Proença.

O presidente da Liga de Clubes explicou que os restantes clubes perceberam que era importante ter os adeptos de regresso aos estádios.

"Todos os clubes perceberam que mesmo logisticamente já tendo os hotéis e as viagens marcadas, seria o momento de poder premiar o tal 12.º jogador, o adepto do futebol", referiu.

Os jogos da Taça da Liga que estavam previstos para sábado e vão passar para domingo são o Estrela da Amadora com o Penafiel (às 11:00) o Sporting da Covilhã frente ao Mafra (17:00) e o Famalicão com o Estoril Praia (14:00).

As competições profissionais vão ter até 33% da lotação dos estádios nesta primeira fase, devido à pandemia de covid-19, mas a expectativa do presidente da Liga de clubes é chegar em breve aos 100%.

Os eventos desportivos vão poder contar com adeptos nas bancadas a partir de domingo, dia 01 de agosto, desde que sejam respeitadas as regras da Direção-Geral da Saúde (DGS), derivadas da pandemia de covid-19, anunciou hoje o primeiro-ministro, António Costa.

"[Vamos] permitir que os eventos desportivos passem a ter público de acordo com a regra especificamente definida pela Direção-Geral de Saúde", afirmou o governante em conferência de imprensa, no final da reunião do Conselho de Ministros que definiu as medidas para a reabertura do país.