Desporto

Liga de clubes garante condições de segurança no regresso do público aos estádios

HOMEM DE GOUVEIA

O organismo apela aos adeptos que sigam as indicações dadas pelos responsáveis no local.

A Liga de clubes garantiu este sábado que estão reunidas todas as condições de segurança para o regresso dos adeptos aos estádios nacionais, mas alertou para a necessidade de serem respeitadas as indicações de dentro e fora dos recintos.

"O grande dia está a chegar! Os clubes das competições profissionais de futebol preparam-se para a Jornada dos Adeptos, com jogos da Fase 2 da Allianz CUP a terem de volta o tão desejado 12º jogador! Está tudo a postos para continuar mais uma época desportiva", congratulou-se o organismo, através de um comunicado.

Contudo, a Liga indica que os adeptos, mesmo que sejam do mesmo agregado familiar, terão que "ficar afastados por duas cadeiras, assim como autorizarem a cedência de dados, de forma que possam ser monitorizados todos aqueles que estiverem no recinto".

O organismo apela também a que "todos os que se desloquem ao recinto sigam sempre as indicações dadas pelos responsáveis presentes, quer sejam das autoridades de segurança ou da organização de jogo".

Na quinta-feira, durante a apresentação das novas medidas, que contemplam diferentes fases de abertura, o primeiro-ministro, António Costa, revelou que, a partir de domingo, os eventos desportivos vão poder contar com adeptos nas bancadas, desde que sejam respeitadas as regras da Direção-Geral da Saúde (DGS), derivadas da pandemia de covid-19.

A segunda fase da Taça da Liga de futebol conclui-se domingo com sete jogos, três do quais que estavam inicialmente agendados para hoje, mas foram alterados para que também possam ter público nas bancadas.

Os estádios dos clubes portugueses podem ter 33% da lotação ocupada, desde que os adeptos apresentem certificado digital covid-19, que comprove vacinação completa ou teste negativo, PCR até 72 horas do jogo e antigénio até 48 horas.

Para além disso, a temperatura corporal tem de ser inferior a 38º, é necessário o uso de máscara de proteção e manter o distanciamento social.

Veja mais: